quarta-feira, 6 de junho de 2018

Lendo Direito


Amados e Amadas, Paz e alegria em oração! Compreendes o que vens lendo? Atos 8.30b Segunda estive no hospital por não estar respirando bem. O clima tá ruim, tempo difícil, então as emergências ficam cheias, as chamadas são demoradas, os números das senhas mudam muito lentamente. Enquanto isso, observo uma criança que tenta se manter ativa, animada, num ambiente assim. Ela está atenta ao sinal de mudança dos números nas chamadas. De repente aparece uma chamada e o número do consultório era 01. A criança fala: olha mãe, 10!, A mãe corrige, isso é 0+1, dez, seria 1+0 Dai pensei: o que estamos lendo ao identificar os elementos separadamente, e não o conjunto? O que estamos “lendo” quando olhamos pra fé dissociada do arrependimento? Temos estimulado as pessoas à crerem, mas muitas vezes não as estimulamos ao arrependimento, abandono das coisas passadas. Jesus disse: arrependei-vos e crede no evangelho. Talvez por isso, vivamos um tempo complicado com Igreja, cheia de gente “de fé”, sem a experiencia da mudança de vida por falta de arrependimento. O que estamos “lendo” quando olhamos pra Palavra dissociada da prática? Declaramos que a Bíblia é nossa regra de fé e prática cristã. Somos estimulados a lê-la, estudá-la, vivê-la. Precisamos disso, mas se não colocarmos em prática aquilo que lemos e estudamos, fazemos dela um livro “selado”. Uma riqueza guardada. Um tesouro preservado pela mente e não vivido, expressado no cotidiano, com a capacidade de lavar, mudar e transformar a mente, o coração e as ações. Não testemunhamos seu poder. O que estamos “lendo” quando olhamos para o avivamento dissociado da missão? Jesus disse: recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como na Judeia , em Samaria e até os confins da terra. O derramar do Espírito não era uma experiência para deleite próprio, mas para avanço missionário, para ser partilhado. Avivamento dissociado de missão gera cristãos voltados para si mesmos e não para o próximo, na disposição de manifestar o amor de Deus. 0 + 1 ou 1 + 0 ? Oremos pela mente da Liderança. Oremos pela mente da Igreja. Oremos por nossas mentes num tempo de avalanche de informações e distrações. Que estejamos focados no essencial. Orando e Crendo. Soraya e Junior Junker Ministério Toque de Poder Conferenciatdp.com faça sua inscrição.



segunda-feira, 9 de abril de 2018

Jesus - Pastor e Bispo de nossas almas


"Porque éreis como ovelhas desgarradas; mas agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das vossas almas. 1 Pedro 2:25

As primeiras vezes que a Bíblia cita o termo pastor, se referem a alguém cuidando de um rebanho (Gn. 13.7; Gn. 13.8; Êx. 2.17). No registro de Reis 22.17 ...como ovelhas que não tem pastor... a partir de então o nome é usado como forma figurativa para expressar situações referentes ao cuidado. Davi, o mais conhecido pastor de ovelhas das Escrituras também fez uma belíssima comparação: “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará” (Sl. 23.1). 

Pastor, então, no Antigo Testamento não era uma autoridade espiritual, isso ficava a cargo dos sacerdotes, profetas e outros levantados pelo Senhor. 
No Novo Testamento vemos os líderes sendo chamados para “pastorear” o rebanho de Deus, a partir da declaração de Jesus: “Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas... Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido”. (Jo. 10.11-14). A partir daí, ser pastor significava cuidar de vidas da mesma forma que Cristo demonstrou no cuidado e ensino no seu ministério na terra. 
Ele amou, consolou, guiou, orientou, pregou, cuidou das feridas do corpo e da alma e alimentou multidões. Foi humilde ao perdoar, lavar os pés dos discípulos e dar exemplo, protegendo e dando a sua vida. Exemplo. Modelo. Padrão! 

A Igreja cresceu, os cuidados e cuidadores se multiplicaram, então, se instituiu Bispos - pastores supervisores. Pastores de pastores. Cuidadores de cuidadores, e Paulo os instruiu: "Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os designou como bispos, para pastorearem a igreja de Deus, que ele comprou com o seu próprio sangue." Atos 20. 28

Nessa semana
Cuidemos em oração daqueles e daquelas que cuidam de nós. 
Orando e Crendo,
Soraya de Lima Junker